X Twitter P2P
    Créditos: Reprodução/Elon Musk

    O X (antigo Twitter) anunciou nesta terça-feira (9) que planeja lançar pagamentos peer-to-peer (P2P) ainda este ano. A nova funcionalidade deve permitir que os usuários da plataforma enviem e recebam dinheiro diretamente entre si.

    O anúncio foi feito em um post no blog da empresa, que destacou que o objetivo é “avançar com novas oportunidades de comércio e novas utilidades para o usuário“. A ideia é transformar o X em um “app de tudo, unindo experiências em uma interface, para todos“.

    O post não detalhou como será adicionado o pagamento P2P, como serão feitos os pagamentos ou quando começa a funcionar a nova funcionalidade.

    X reduz preço de selo de verificação para empresas de US$ 1000 para US$ 200

    No entanto, é possível que a empresa utilize um sistema similar ao que já é oferecido por outras plataformas de mídia social, como o Facebook Messenger e o WhatsApp. Nesses casos, os usuários podem enviar e receber dinheiro usando seus cartões de crédito ou débito, ou contas bancárias.

    O lançamento do pagamento P2P é mais uma das iniciativas de Elon Musk para transformar o X em um superapp. Em julho de 2023, o empresário anunciou que a empresa iria introduzir “comunicações abrangentes” e funcionalidades que permitissem “conduzir todo o seu mundo financeiro”.

    Além do pagamento P2P, o X também planeja investir em mais conteúdo relevante aos usuários, no aperfeiçoamento da ferramenta de Ver Postagens Dissimilares, além de mais talentos originais, criadores e parcerias de conteúdo.

    O lançamento do pagamento P2P é uma iniciativa importante para o X, pois pode ajudar a ampliar as oportunidades de comércio e utilidade para os usuários. A funcionalidade pode ser utilizada para enviar e receber dinheiro entre amigos, familiares, ou até mesmo para realizar compras ou serviços na plataforma.

    Além disso, o pagamento P2P pode ser uma forma de o X se diferenciar de outras plataformas de mídia social. O Facebook Messenger, por exemplo, oferece pagamentos P2P desde 2015, mas a funcionalidade ainda não é amplamente utilizada.

    O sucesso do pagamento P2P no X dependerá de uma série de fatores, incluindo a facilidade de uso, as taxas cobradas pela empresa, e a segurança da plataforma. No entanto, a iniciativa tem o potencial de tornar o X um app ainda mais completo e útil para os usuários.

    Fonte: X Blog

    Share.