Óculos Ray-Ban da Meta agora identifica pontos turísticos
    Créditos: Divulgação/Meta

    Os óculos inteligentes da Meta em parceria com a Ray-Ban ganharam uma nova função. A partir de agora, os objetos interagem em tempo real com pontos turísticos ou históricos de cidades.

    Quem divulgou o recurso foi Andrew Bosworth, chefe de tecnologia da Meta, que também é a dona do Facebook e do WhatsApp. De acordo com a publicação, feita em outra rede social da empresa, a Threads, por enquanto apenas quem faz parte do Beta dos óculos terá acesso à novidade.

    A nova função em fase de testes nos óculos. (Fonte da imagem: Reprodução/Threads)

    Quando você se deparar com um ponto importante da cidade, basta pedir aos óculos para “falar um fato legal” sobre ele. Em pouco tempo e com ajuda da inteligência artificial (IA) multimodal do aparelho, o aplicativo gera uma informação curiosa e interessante a respeito da localização.

    A iniciativa faz parte de novos projetos da Meta de integrar serviços e apostar cada vez mais mais em IA, deixando de lado as iniciativas como o metaverso.

    De acordo com o executivo, a Meta começa a disponibilizar a função nesta semana em caráter experimental. Ele ainda confirmou que a Meta está “melhorando de forma regular” a experiência de usar os óculos inteligentes sem usar as mãos em novas atualizações.

    Na prática, isso significa a adição de comandos de voz para interagir com aplicativos como o WhatsApp e o Messenger do Facebook. Além disso, agora será mais fácil compartilhar por vários serviços a última foto tirada com o dispositivo.

    A versão básica do óculos feito por Ray-Ban e Meta. (Fonte da imagem: Divulgação/Meta)

    A próxima atualização deve trazer ainda a possibilidade de mudar a velocidade de reprodução de áudios, incluindo podcasts para quem gosta de acompanhar programas mais rapidamente.

    A primeira colaboração entre Meta e Ray-Ban saiu em 2021, mas sem tantos recursos inteligentes. A versão de 2023 custa a partir de US$ 299 (aproximadamente R$ 1,5 mil em conversão direta de moeda) e, por enquanto, não pode ser comprada oficialmente no Brasil. Foi ela que adicionou uma maior quantidade de funções integradas, além de uma maior variedade de lentes e armações.

    Fonte: Threads

    Share.