Neuralink de Elon Musk / Neuralink fez implante
    Créditos: Reprodução/Punch Newspapers

    No último anúncio bombástico, Elon Musk, o bilionário visionário por trás de empresas como Tesla e SpaceX, revelou que a Neuralink realizou com sucesso o primeiro implante cerebral em um ser humano.

    A inovação batizada de “Telepatia” promete conectar o cérebro humano a dispositivos como celulares e computadores, abrindo um novo horizonte de possibilidades tecnológicas. Este avanço, que vem sendo aguardado desde 2023, está voltado, inicialmente, para pessoas com deficiências que perderam a capacidade de utilizar os dedos.

    Musk havia anunciado anteriormente que a Neuralink estava próxima de realizar testes com seres humanos, e agora ele confirmou que o primeiro paciente submetido ao implante está se recuperando bem.

    “O primeiro ser humano recebeu um implante da Neuralink ontem e está se recuperando bem. Os resultados iniciais mostram uma detecção promissora de picos de neurônios”

    Afirmou o empresário.

    A Neuralink, empresa de neurotecnologia fundada por Musk, obteve a autorização da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) em maio de 2023 para realizar seu primeiro estudo clínico em seres humanos. Essa autorização marcou um passo importante na busca da empresa por uma simbiose entre a mente humana e a inteligência artificial.

    Os testes clínicos planejam a implantação do dispositivo cerebral em voluntários humanos, com a esperança de que condições médicas até então incuráveis, como paralisia e cegueira, possam ser revertidas no futuro. No entanto, a empresa enfrenta investigações nos Estados Unidos relacionadas a alegadas falhas no manuseio de experimentos em animais.

    Em maio, parlamentares dos Estados Unidos pediram uma investigação para apurar se a composição do comitê responsável pela supervisão dos testes em animais na Neuralink contribuiu para experimentos malsucedidos e apressados.

    A visão de longo prazo da Neuralink é estabelecer uma “relação simbiótica” entre seres humanos e a inteligência artificial, aproximando ainda mais o pensamento humano da tecnologia da informação, segundo Elon Musk.

    Elon Musk confirma novo carro Tesla baratinho em 2025

    Caso a Neuralink consiga demonstrar que seu dispositivo é seguro em seres humanos, ainda será necessário aguardar anos, potencialmente mais de uma década, para que a empresa obtenha autorização para uso comercial, de acordo com especialistas consultados pela Reuters. A concorrência inclui outras empresas de neurotecnologia que já realizaram implantes cerebrais em seres humanos.

    Entre essas concorrentes, a Synchron se destacou como a primeira a realizar implantes cerebrais em humanos, utilizando catéteres em vez de cirurgias. Este campo promissor da neurotecnologia continua a avançar, abrindo novas possibilidades para a interação entre a mente humana e a tecnologia.

    Fonte: Reuters

    Share.