Poco X6 Pro 5G é homologado pela Anatel
    Créditos: Xiaomi/Reprodução

    A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) homologou o Poco X6 Pro 5G. O novo intermediário da Xiaomi recebeu a certificação no último domingo (14), sugerindo um possível lançamento em breve no Brasil. De acordo com a homologação, os celulares vão suportar bandas de 2,4 GHz até 5 GHz para Wi-Fi 6.

    Os smartphones da Xiaomi Poco X6 Pro 5G são dispositivos com especificações intermediárias. Infelizmente, a homologação não informa quais versões e opções de cores vão chegar em território nacional. Não sabemos se o Brasil receberá ambas versões com 256 GB e 512 GB de armazenamento.

    Poco X6 Pro Poco X6 Pro
    CRÉDITOS: Xiaomi

    O Poco X6 Pro 5G conta possui sistema operacional Android 14, tela OLED de 6,67 polegadas e taxa de atualização de 120 Hz. O processador é um MediaTek Dimensity 8300 Ultra. Além disso, o sistema de câmeras traz um sensor principal de 64 MP, sensor ultrawide de 8 MP e macro de 2 MP.

    CONFIRA AS ESPECIFICAÇÕES DO DISPOSITIVO:

    • Tela OLED de 6,67 polegadas
    • Taxa de atualização de 120 Hz
    • Sistema Operacional: Android 14 e interface HyperOS
    • Chipset MediaTek Dimensity 8300 Ultra de 4 nm
    • Memória: 8 GB ou 12 GB
    • GPU: Mali-G615
    • Armazenamento interno: 256 GB ou 512 GB
    • Câmeras: Frontal de 16 MP e traseiras de 64 + 8 + 2 MP
    • Bateria de 5.000 mAh e carregamento rápido de 67 W

    O Poco X6 Pro 5G é um celular intermediário da Xiaomi e apresenta especificações robustas, se você não busca um aparelho topo de linha. O dispositivo promete boa performance na captura de imagens e duração de bateria. Do mesmo modo, o carregamento rápido de 67 W garante cargas rápidas, sem deixar o usuário na mão.

    Atualmente a Anatel não divulgou qualquer informação do preço do Poco X6 Pro 5G no Brasil. No mercado indiano, os modelos possuem preços sugeridos de 19.999 rúpias indianas (cerca de R$ 1.189 em conversão direta).

    Ou seja, no Brasil podemos esperar por um preço acima desse valor, após aplicação de taxas e impostos. Mais informações devem ser divulgadas em breve pela Anatel e canais oficiais de comunicação da Xiaomi no nosso país.

    Fonte: Anatel

    Share.