Apple Vision Pro em fevereiro
    Créditos: Divulgação Apple

    A pré-venda do Vision Pro está sendo um sucesso para a Apple, que, segundo o MarRumors, vendeu 200 mil unidades do headset XR. Esse número é bastante promissor mas também liga um alerta que o interesse dos fãs da empresa no aparelho está diminuindo.

    Como relatado pelo site, espera-se que no lançamento a Apple conseguiu uma venda de 160 mil a 180 mil unidades do Vision Pro. Isso indica que após o lançamento apenas 20 mil unidades do aparelho foram comercializadas, uma queda bastante acentuada.

    O WCCFTech aponta que, apesar de preocupante para a Apple, essa menor procura pelo Vision Pro não indica uma baixa demanda. Isso porque é possível que os usuários estejam esperando o lançamento oficial do headset XR, no dia 2 de fevereiro, para comprar suas unidades nas lojas físicas.

    De qualquer forma, analistas afirmam que a Apple possui uma estimativa de vender 500 mil unidades do Vision Pro. Com os números da pré-venda nos Estados Unidos já alcançando quase metade dessa estimativa.

    Data de lançamento do Apple Vision ProData de lançamento do Apple Vision Pro
    Divulgação Apple

    Vale a pena destacar que o Apple Vision Pro é um produto de um nicho pequeno e tem um preço bastante elevado (USS$ 3.499). Por isso a Maçã não espera que ele alcance o número de vendas de aparelhos como os iPhones ou iPads.

    Algo que deve impulsionar bastante as vendas do Vision Pro é o lançamento dele fora dos Estados Unidos. De acordo com o conhecido analista Ming-Chi Kuo, a Apple planeja lançar o headset em mais mercados globais antes da WWDC24, que vai acontecer em junho.

    Kuo destaca que durante sua conferencia a Apple deve revelar o ecossistema de desenvolvimento global do visionOS, o sistema do Vision Pro. Para conseguir isso a empresa deve lançar o headset em mercados selecionados antes da conferencia.

    O analista não revelou quais serão os primeiros países que vão receber o Vision Pro após os Estados Unidos. Mas rumores anteriores apontam que a China, o Canadá e o Reino Unido devem ser os próximos a receberem o novo produto da Apple.

    Fonte: MacRumors Via: WCCFTech

    Share.