Apple lança apps TV, Music e Dispositivos para windows
    Créditos: Apple/Divulgação

    A Apple lançou oficialmente, nesta semana, os apps Music, TV e Dispositivos no sistema operacional Windows. Os aplicativos já estavam disponíveis em fase de testes, desde o ano passado, mas agora chegaram oficialmente ao SO da Microsoft.

    A partir de agora, os usuários podem usar os Apple apps para acessar conteúdo diverso diretamente do Windows. De acordo com informações do MacRumors, o objetivo é diminuir a necessidade do iTunes. Os usuários só precisarão do iTunes para acessar podcasts e audiolivros no Windows.

    Como escolher um projetor? Veja 7 dicas

    app Apple TV no Windowsapp Apple TV no Windows
    CRÉDITOS: Apple

    Com o aplicativo Apple Music, o usuário terá acesso a biblioteca do iTunes, além das compras de álbuns e músicas. Com o app Apple TV é possível acessar diretamente os filmes e séries da biblioteca do iTunes, além do serviço de streaming da companhia.

    Por último, o app Dispositivos vai permitir aos usuários a realizar o backup e restauração de iPhones e iPads diretamente do Windows, além de sincronizar conteúdo entre dispositivos.

    App Apple Dspositivos WindowsApp Apple Dspositivos Windows
    CRÉDITOS: Apple

    Com as mudanças, a vida do usuário Apple fica bem mais fácil no Windows. Porém, é importante ressaltar que os Apple apps para Windows vão chegar apenas nas versões 10 e 11 do sistema operacional da Microsoft.

    Caso você ainda utilize uma das versões mais antigas do Windows, é bom não ter muitas esperanças sobre a integração dos serviços da Apple. A Big Tech da maçã não forneceu qualquer informação se lançará os apps Apple TV, Music e Dispositivos em mais versões do Windows.

    De qualquer forma, mesmo funcionando apenas no Windows 11 e 10, a novidade da Apple é uma surpresa positiva para os usuários. Ao trabalhar em conjunto com a Microsoft, ambas as companhias aumentam a integração entre os dispositivos, facilitando a vida do usuário que busca acessar seus serviços de preferência em mais dispositivos.

    Fonte: GSMarena, The Verge

    Share.