Vazam as possíveis especificações do Exynos 2500
    Créditos: Divulgação/Samsung

    A fabricante sul-coreana Samsung recém apresentou a linha Galaxy S24 de smartphones com um novo processador, o Exynos 2400. Entretanto, detalhes sobre a próxima geração de chips da companhia, o Exynos 2500, já começam a surgir.

    De acordo com o especialista em vazamentos OreXDA, o futuro modelo será um chip deca-core (com dez núcleos), aproveitando os mais modernos processos de fabricação da companhia. Isso inclui a arquitetura de segunda geração no formato de 3 nm GAP/SF3, que seria melhor e mais eficiente do que o equivalente atual da concorrente TSMC.

    Ainda segundo o vazamento, um dos núcleos da CPU é o Cortex-X5, com 3,2 GHz. De codinome Blackhawk, esse componente está em fase de testes pela ARM até o momento. Resultados internos apontam para uma performance comparável até aos cores fabricados pela Apple.

    Ele será acompanhado de três cores Cortex-A720 (a partir de 2,3GHz), três Cortex-A720 e quatro Cortex-A530. Já a GPU escolhida deve ser a Xlipse 950, da AMD, baseada na tecnologia RDNA.

    Na prática, o desempenho deve ser bastante superior ao Exynos 2400 também em economia de energia. A ideia da fabricante é a de posicionar o processador como a melhor alternativa para uso cotidiano na linha Galaxy S.

    A expectativa é que a Samsung anuncie o Exynos 2500 ainda no final de 2024, para que o chip seja integrado a alguns modelos da futura linha Galaxy S25 de smartphones. Esses dispositivos, seguindo o atual calendário da marca, possivelmente serão apresentados em janeiro do ano que vem.

    Caso a divisão entre regiões siga a mesma da geração atual de celulares, esse deve ser o processador dos futuros Galaxy S25 e Galaxy S25+ no mercado brasileiro. Isso porque só nos Estados Unidos os dispositivos da atual linha são vendidos com a opção do processador da Qualcomm.

    Nos modelos lançados na última semana, apenas o Galaxy S24 Ultra utiliza o chip Snapdragon 8 Gen 3, da Qualcomm, como única opção. Os primeiros benchmarks que comparam os atuais celulares da Samsung apontam que ambos os processadores se equiparam nos resultados.

    Fontes: Sam Mobile, OreXda

    Share.