TikTok Shop / TikTok comércio
    Créditos: Divulgação/TikTok

    O TikTok, controlado pela ByteDance, está traçando planos ambiciosos para multiplicar por dez o tamanho de seu negócio de comércio eletrônico nos Estados Unidos em 2024. A meta estabelecida é faturar impressionantes US$ 17,5 bilhões com essa iniciativa, desafiando diretamente a Amazon e outras empresas do setor.

    A estratégia do TikTok envolve a TikTok Shop, uma plataforma que combina entretenimento online com compras por impulso, e visa aproveitar seu alcance nas redes sociais e o poder dos vídeos virais para atrair consumidores ávidos por novidades.

    Ainda que a meta tenha sido discutida em reuniões internas recentes, segundo o Bloomberg, fontes afirmam que ela pode ser ajustada conforme o andamento do negócio.

    A agressiva expansão do TikTok no comércio eletrônico não apenas coloca a empresa em competição direta com a Amazon, mas também com empresas chinesas como Temu e Shein, que conquistaram uma fatia considerável do mercado jovem nos Estados Unidos e América Latina.

    Veja: Vídeo é o formato preferido dos brasileiros nas redes sociais, segundo pesquisa

    Até o ano passado, o TikTok estava a caminho de acumular cerca de US$ 20 bilhões em valor bruto de mercadorias globalmente, com a maior parte das vendas ocorrendo no Sudeste Asiático. No entanto, a empresa agora busca ampliar sua presença nos Estados Unidos e na América Latina, onde planeja lançar sua operação de comércio eletrônico nos próximos meses.

    A ByteDance, a empresa-mãe do TikTok, tem se destacado na internet globalmente e alcançou um valor superior a US$ 200 bilhões, graças à viralidade das plataformas de vídeos curtos TikTok e Douyin. A TikTok Shop tem sido um dos principais motores de crescimento para a ByteDance, que busca diversificar suas fontes de receita além da publicidade em redes sociais.

    Veja: Valor do X despenca 71% após aquisição de Elon Musk

    O modelo de negócio de comércio da TikTok Shop permite aos usuários comprar produtos enquanto navegam por vídeos curtos e transmissões ao vivo em seu aplicativo principal, em uma tentativa de combinar a conveniência da Amazon com a descoberta de produtos proporcionada por aplicativos como o Instagram. Essa abordagem já ajudou Douyin a conquistar uma parcela significativa dos gastos dos consumidores chineses online.

    A ByteDance tem planos de exportar seu modelo de comércio eletrônico globalmente, oferecendo frete grátis e subsídios para influenciadores que vendem uma variedade de produtos nos Estados Unidos. Em novembro, mais de 5 milhões de novos clientes nos EUA fizeram compras na TikTok Shop, impulsionados pelas ofertas da Black Friday e da Cyber Monday.

    A empresa anunciou recentemente um aumento nas taxas cobradas aos comerciantes, passando de 6% para a maioria das categorias de produtos a partir de abril e para 8% em julho, encerrando as promoções usadas para atrair vendedores. Apesar disso, as comissões ainda permanecem significativamente mais baixas do que as praticadas pela Amazon, que geralmente são de cerca de 15%.

    Os consumidores americanos têm demonstrado uma crescente disposição para fazer compras em aplicativos de comércio eletrônico chineses, incluindo o popular site de moda Shein e o Temu da PDD Holdings. No entanto, as metas de vendas globais da TikTok Shop em outros mercados ainda não foram divulgadas.

    Fonte: Bloomberg

    Share.