Créditos: Divulgação Samsung

    O Exynos 2400 parece estar sendo um grande acerto da Samsung, que já está planejando os sucessores desse chipset. De acordo com as fontes do GizChina, a fabricante começou a testar os semicondutores de 3 nm de segunda geração para a produção dos próximos SoCs para celular.

    O site afirma que a Samsung está testando o rendimento e desempenho dessa litografia para a produção do chipset Exynos 2500. Que será lançado no começo de 2025 com a série Galaxy S25.

    De acordo com o portal, atualmente, a Samsung atinge um rendimento de 60% em seu semicondutor. O que significa que 60% dos wafers de semicondutores produzidos são aproveitados na produção de chips.

    Funcionários da Samsung com primeiro wafer de 3 nm
    Divulgação Samsung

    Caso os testes ocorram sem nenhum problema, a Samsung vai começar “produção em grande escala provavelmente ainda este ano” do o semicondutor de 3 nm de segunda geração.

    Vale a pena destacar que a Samsung produz o Exynos 2400 no processo de 4 nm. Migrar para litografia de 3 nm GAA deve tornar o Exynos 2500 mais rápido e mais eficiente que seu antecessor.

    O SamMobile destaca que a fabricante deve começar a produção do processo de 3 nm primeiro para chips de dispositivos vestíveis. De acordo com rumores, a Samsung deve lançar a linha Galaxy Watch 7 com um chipset de 3 nm em meados de 2024.

    Além dos chips para seus próprios dispositivos, a fabricante deve fornecer semicondutores de 3 nm para outras fabricantes.

    Fonte: GizChina Via: SamMobile

    Share.