BYD se torna uma das 10 montadoras que mais vendem carros no Brasil
    Créditos: Divulgação/BYD

    A montadora chinesa BYD virou uma das dez fabricantes que mais comercializam carros no Brasil. A informação é da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

    Os dados da Fenabrave são relativos em dezembro de 2023. De acordo com a fundação, a companhia emplacou 5,5 mil veículos no mês, com destaque especial para o modelo Dolphin.

    Confira o top 10 de novos carros emplacados em dezembro de 2023, segundo a Fenabrave:

    • 10. BYD – 5.500 mil carros
    • 9. Honda – 6.586 mil carros
    • 8. Nissan – 7.403 carros
    • 7. Jeep – 8.531 carros
    • 6. Renault – 15.132 carros
    • 5. Toyota – 20.306 carros
    • 4. Hyundai – 21.300 carros
    • 3. General Motors – 32.414 carros
    • 2. Volkswagen – 45.573 carros
    • 1. Fiat – 46.811 carros

    Essa é a estreia da companhia no top 10 nacional. Ela também é a única especializada em automóveis elétricos que está tão bem posicionada, sendo a líder isolada dessa categoria ainda em crescimento no país.

    O interesse da BYD inclusive em fabricar carros por aqui envolve a nova legislação brasileira. A partir de 1º de janeiro de 2024, ficou mais caro importar veículos elétricos para o país, com o objetivo de fortalecer a indústria nacional. Globalmente, a disputa atual dela é contra a Tesla.

    Apesar do desempenho inédito, a BYD ainda está distante do top 6, que é o ponto do ranking em que há um salto mais significativo para grandes montadoras. A líder do segmento segue a Fiat, seguida de perto pela Volkswagen.

    A presença da BYD no Brasil pode aumentar ainda mais em breve. Isso porque, de acordo com o jornal Folha de São Paulo, a companhia está negociando a compra de uma mineradora de lítio no Brasil.

    Trata-se da Sigma Lithium, que é a detentora da maior reserva de lítio no Brasil. Ela está avaliada em US$ 2,9 bilhões. Caso o negócio se concretize, a montadora terá acesso a um componente essencial para a fabricação das baterias usadas nos automóveis elétricos.

    A BYD confirmou que entrou em contato com a responsável pela reserva, que fica em Minas Gerais e iniciou as entregas em 2023. Ainda não há detalhes sobre como será a negociação, que pode envolver uma joint-venture em vez de uma compra tradicional.

    Fontes: Fenabrave, Folha de São Paulo

    Share.