Apple Watch
    Créditos: Blocks Fletcher no Unsplash

    A Apple registrou uma patente de uma tecnologia de detecção de suor para dispositivos vestíveis. De acordo com informações do site Patently Apple, a tecnologia que identifica o nível de transpiração do usuário é direcionada para o Apple Watch. O Escritório de Marcas e Patentes dos EUA aprovou o pedido de registro nesta semana.

    A tecnologia faz parte de um recurso que amplia a medição de sinais de saúde do proprietário do relógio. O sistema inclui, por meio de um conjunto de eletrodos, medição de eletrocardiograma (ECG) e de transpiração.

    Utilizando um ou mais sensores, o Apple Watch pode ser capaz de calcular uma taxa de suor para aquele usuário em específico. Em resumo, essa conta é feita analisando a quantidade de fluido perdida durante um determinado intervalo de tempo. O recurso seria útil para orientar a ingestão de líquidos durante exercícios.

    Apple WatchApple Watch
    Reprodução Luke Chesser/Unsplash

    É possível que a taxa seja apresentada de formas diferentes, a depender do esforço físico. Durante uma corrida de 30 min, por exemplo, o relógio pode calcular automaticamente uma taxa de suor estimada para esse tempo.

    Ao mudar para outra atividade em seguida, é possível que o Apple Watch forneça um valor médio por hora ou ainda o volume total de líquido perdido. Essas informações seriam baseadas no uso inicial.

    Por ser uma patente, ainda não há certeza de que a tecnologia será lançada. Esse é apenas um indicativo de que a Apple está tendo ideias para novos recursos de saúde. Portanto, não há previsão de lançamento para essa função no Apple Watch.

    Fonte: 9to5Mac Via: Apple Patently

    Share.