Selo verificado dourado X ou Twitter
    Créditos: Reprodução/Mashable

    Em uma nova tentativa de atrair empresas, o X, plataforma de mídia social anteriormente conhecida como Twitter, lançou uma versão bem mais barata de seu plano de verificação para negócios – o seu selo dourado.

    A empresa anunciou na terça-feira (2) que agora oferece um nível básico de sua assinatura empresarial por US$ 200 mensais (R$ 990 mensais no Brasil) ou US$ 2 mil anuais (R$ 9,9 mil por ano). A nova opção, que vem com recursos como um selo dourado, créditos de anúncios e a assinatura Premium+, é “projetada para empresas menores“, segundo o X.

    A adição de uma opção por um quinto do preço original sugere que as empresas não estavam aderindo ao plano anterior. Em março do ano passado, o X anunciou que cobraria US$ 1 mil mensais das empresas para manter o selo dourado após eliminar a verificação tradicional.

    Veja: X revela lista de perfis com mais Notas da Comunidade; Choquei lidera

    A empresa rapidamente recebeu críticas pelo preço alto, já que as empresas notaram que a verificação não aumentava substancialmente o engajamento e, portanto, não valia a pena pagar tanto para mantê-la.

    A opção de US$ 1 mil mensais ainda está disponível para empresas como o “plano de Acesso Total”, juntamente com a oferta Básica. A introdução da opção mais barata vem dias depois de a estimativa de valor da X sofrer mais um golpe.

    A gestora de ativos Fidelity, que possui uma participação na empresa, estima que o X agora vale 71,5% menos do que quando Musk a comprou. Musk comprou o X, então Twitter, por US$ 44 bilhões em 2022.

    Fonte: X

    Share.