Microsoft sede / Microsoft IA
    Créditos: Lumière Rezaie/Unsplash

    A Microsoft acaba de dar um grande passo em suas ambições no campo da inteligência artificial (IA). A empresa contratou Mustafa Suleyman, cofundador do Google DeepMind, para chefiar sua nova divisão de AAI (Inteligência Artificial Aplicada). Suleyman atuará como CEO, integrando a liderança sênior da Microsoft e reportando-se diretamente a Satya Nadella.

    Suleyman é uma figura renomada no mundo da IA. Ele cofundou o laboratório DeepMind em 2010, que mais tarde foi adquirido pelo Google em 2014, tornando-se uma força pioneira na área. No entanto, Suleyman deixou a divisão há alguns anos, envolto em controvérsias internas. Em 2022, cofundou a startup Inflection AI.

    A nova divisão da Microsoft será responsável por impulsionar os produtos de IA voltados para o consumidor, incluindo tecnologias como Copilot, Bing e Edge. A chegada de Suleyman, junto com outros membros da Inflection AI como a cientista-chefe Karén Simonyan, reforça o investimento da Microsoft em IA. Kevin Scott permanecerá como CTO e vice-presidente executivo de IA.

    Conheço Mustafa há vários anos e o admiro muito como fundador do DeepMind e da Inflection, e como um visionário, criador de produtos e construtor de equipes pioneiras que perseguem missões ousadas“, disse Nadella em um comunicado.

    Temos uma chance real de construir uma tecnologia que antes era considerada impossível e que cumpre nossa missão de garantir os benefícios da IA ​​alcancem todas as pessoas e organizações do planeta, com segurança e responsabilidade.

    A Microsoft tem feito grandes investimentos na OpenAI e recentemente fechou um acordo com a startup Mistral. Esta nova divisão de IA não significa que essas parcerias foram deixadas de lado. A empresa afirma que continuará focando na infraestrutura de IA e trabalhando com a OpenAI em modelos fundamentais.

    Microsoft e NVIDIA mais próximas para acelerar IA generativa

    A Microsoft já implantou o Bing Chat (agora Copilot) e trouxe seu assistente de IA para o Office, Windows 11 e Edge. A empresa ainda realizará um evento especial de IA antes de sua conferência Build em maio, onde provavelmente revelará mais de seus planos no segmento para Windows e dispositivos Surface.

    Fonte: Microsoft

    Share.