Logo do Instagram, Facebook eWhatsApp com o da sua empresa mãe — Meta
    Créditos: Mariia Shalabaieva no Unsplash

    A Meta vai aumentar em 30% o preço para impulsionar posts no Facebook e Instagram em celulares iPhone. Esse aumento é para anúncios e “postagens otimizadas” que são realizados através do iOS — com processamento realizado pela Apple.

    A empresa de Mark Zuckerberg afirma que o aumento de custo no Instagram e Facebook é uma resposta as políticas de cobranças da Apple. Que em 2022 estendeu suas taxas para postagens otimizadas.

    O The Verge aponta que essa política “visou particularmente o Meta e outros aplicativos sociais que permitem que as pessoas paguem no aplicativo para aumentar o alcance de seu conteúdo”.

    A partir de agora todos os impulsos no Instagram e Facebook no iOS vão ser cobrados pela Apple.

    Logo do Apple App StoreLogo do Apple App Store
    James Yarema no Unsplash

    Vale a pena destacar que a Apple cobra uma taxa de 30% de todas as transações que ocorrem em aplicativos da App Store. A Meta destaca que esse valor é descontado “antes de quaisquer impostos aplicáveis” nas publicações pagas do Instagram e Facebook.

    Segundo a empresa, ela é obrigada a cumprir as políticas da Apple. Com a única solução para isso sendo remover o impulsionamento nos apps do Facebook e Instagram no iOS.

    Não queremos remover a capacidade de impulsionar postagens, pois isso prejudicaria as pequenas empresas, tornando o recurso menos detectável e potencialmente privando-as de uma forma valiosa de promover seus negócios

    Afirmou a Meta em um comunicado enviado ao The Verge

    Por causa disso a Meta vai repassar a taxa de 30% cobrada pela Apple para os seus usuários. A empresa destaca que será possível realizar seus anúncios sem uma cobrança extra nos aplicativos Instagram e Facebook para Android e através de computadores.

    Fonte: The Verge Via: Phone Arena

    Share.