Assistir TV / Ibope audiência
    Créditos: Jonas Leupe/Unsplash

    A Kantar Ibope, empresa que afere os números de audiência da televisão brasileira, reduziu o valor do ponto de audiência em 2024. A mudança foi motivada pela divulgação dos resultados do Censo 2022, que apontou uma população brasileira de 203,1 milhões de habitantes, menor do que as estimativas anteriores.

    Até o ano passado, um ponto de audiência equivalia a 268.083 domicílios conectados. Agora, um ponto equivale a 253.273 domicílios. Ou seja, houve uma redução de 14.810 residências assistindo TV.

    No caso do número de pessoas que estão assistindo, em 2023 um ponto equivalia a 717.088 telespectadores. Em 2024, caiu para 658.194. Uma redução de 58.894.

    A Kantar Ibope fez os ajustes em todas as metrópoles em que mede os números da TV para 2024.

    BAFTA 2024: veja a lista completa dos indicados

    A redução do valor do ponto de audiência no Ibope pode impactar a indústria da TV de várias maneiras. Por exemplo, as emissoras podem precisar investir mais em marketing e publicidade para alcançar o mesmo número de pessoas. Além disso, os anunciantes podem precisar pagar mais para veicular seus anúncios em programas de TV com alta audiência.

    A redução do valor do ponto de audiência também pode ser um reflexo da mudança no hábito de consumo de TV. Nos últimos anos, o consumo de TV tem se tornado cada vez mais fragmentado, com as pessoas assistindo a conteúdos de diferentes plataformas, como TV aberta, TV paga, streaming e redes sociais.

    Netflix segue líder de audiência em streaming no Brasil

    A Kantar Ibope mede a audiência das TVs por meio de um painel de amostragem. O painel é composto por 4.195 domicílios com TV aberta e 1.915 com TV paga em 15 regiões metropolitanas do Brasil.

    Os dados são coletados 24 horas por dia, minuto a minuto. O painel é focado no consumo individual. A Kantar utiliza o medidor Peoplemeter DIB 6, que mede a audiência de canais de emissoras lineares (TV aberta e TV fechada) nas praças. O aparelho identifica o canal que a pessoa está vendo –é ativado no momento em que a TV é ligada e quando o telespectador troca de canal.

    Os períodos da tarde e da noite são os horários nobres das TVs de notícias. As audiências somadas das 12h às 17h59 e das 18h às 23h59 dos 5 canais de TV paga chegam a uma média máxima de 0,48 ponto. Isso equivale a 248.424 telespectadores assistindo ao mesmo tempo à programação de GloboNews, Jovem Pan News, CNN Brasil, Record News e BandNews.

    Fonte: Folha de S.Paulo

    Share.