Celular Moto G24 é homologado pela Anatel e deve ser anunciado em breve
    Créditos: Reprodução/MySmartPrice

    A Motorola está prestes a apresentar um novo smartphone que será lançado no Brasil: o Moto G24. Quem entregou a informação não foi a companhia, mas a homologação do modelo no sistema da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

    Possivelmente um intermediário focado em custo-benefício, o Moto G24 ainda não foi anunciado oficialmente pela companhia. Entretanto, agora que a venda em território nacional está devidamente autorizada, isso não deve demorar para acontecer.

    De acordo com o Tecnoblog, que flagrou o dispositivo na plataforma, o modelo não tem suporte para dados móveis 5G, ou seja é um celular 4G apenas. Rosa é uma das cores confirmadas para o dispositivo, que deve custar no máximo R$ 1,4 mil em território nacional.

    O dispositivo tem como processador o MediaTek Helio G85, um chip de 2020 com clock máximo de 2,5 Ghz. Ele é o mesmo componente usado na geração anterior da mesma categoria, o Moto G23.

    O Moto G24, segundo uma renderização vazada. (Fonte da imagem: Reprodução/MySmartPrice)

    Além disso, o dispositivo virá com o sistema operacional Android 14 de fábrica e 128 GB de armazenamento interno. Outras especificações técnicas especuladas em rumores anteriores incluem bateria de 4.500 mAh, câmera traseira dupla com sensor de 50 MP e uma câmera frontal de 8 MP posicionada em um discreto furo na tela.

    Ele terá ao menos uma variante, a Moto G24 Power, possivelmente focada em capacidade de armazenamento de bateria.

    O último smartphone anunciado pela Motorola em 2024 foi o Moto G34, que tem 5G e taxa de atualização de 120 Hz na tela. O Moto G54 também já foi confirmado tanto na versão tradicional quanto em uma versão “for business”, com foco para o mercado corporativo. O Moto G84 também já é vendido em território nacional desde setembro do ano passado.

    Em 2023, a Motorola comemorou 10 anos do Moto G, que é a família de intermediários mais popular da empresa no país. Ao todo, já foram mais de 200 milhões de unidades comercializadas só dessa linha.

    Fonte: Tecnoblog

    Share.