Apple Vision Pro deve chegar ao mercado com 80 mil unidades
    Créditos: Apple/Reprodução

    O headset da Apple chega no dia 2 de fevereiro, com as pré-vendas iniciando na próxima semana. Por enquanto, o dispositivo vai chegar primeiro nos Estados Unidos. De acordo com o analista Ming-Chi Kuo, a Apple vai ser conservadora em suas estimativas e planeja colocar no mercado no máximo 80 mil unidades do Apple Vision Pro.

    Ming-Chi Kuo afirma que a companhia vai disponibilizar entre 60 mil a 80 mil unidades do Apple Vision Pro. De qualquer forma, o analista prevê que o headset da Big Tech vai esgotar rapidamente. Uma das razões da baixa quantidade de unidades é o preço de US$ 3,499 do dispositivo. Segundo ele, o lançamento do dia 2 de fevereiro também funcionará como um teste.

    Com o primeiro headset, a Apple vai testar o segmento de realidade mista ao incluir nele um produto premium. Além disso, a companhia deve disponibilizar mais unidades do Apple Vision Pro ao longo do ano. Anteriormente, Ming-Chi Kuo previu cerca de 500 mil unidades do dispositivo em circulação ao longo do ano de 2024.

    O Apple Vision Pro mistura elementos de realidade aumentada e realidade virtual. O aparelho está equipado com uma configuração de dois chips: o M2 e o novo chip R2, focado em lidar com dados dos sensores, câmeras e microfones.

    O produto possui tela frontal com o Eyesight, que reproduz os olhos do usuário. Internamente o headset conta com telas de Micro LED 4K HDR. O sistema operacional é o VisionOS e promete proporcionar experiência dinâmica com integração e visualização de conteúdos em alta qualidade.

    Mesmo com o preço elevado, se a Apple colocar no mercado apenas 80 mil unidades do Vision Pro, o headset deve esgotar rapidamente. O desejo em testar o novo dispositivo da empresa é alto entre os consumidores ao redor do mundo. De qualquer forma, a companhia já informou estar trabalhando em um modelo mais acessível.

    Fonte: Tweaktown, wccftech

    Share.